O por que temos tanta vontade de comer chocolates e doces na TPM

Oi meninas, meu nome é Rafaela, hoje vamos falar um pouquinho sobre a TPM e o porque temos tanta vontade de comer doces nessa época do mês. E vou passar uma receita de um delicioso bolo para você fazer nessa fase que necessitamos tanto daquele doce e daquele chocolate.


Por que temos tanta vontade de comer chocolates e doces na TPM? 




Para entendermos a origem da vontade de doces e chocolates na TPM é necessário compreender um pouco mais sobre o ciclo menstrual, que é dividido em três fases:
- Fase folicular (fase A)  se inicia na menstruação.

 - Fase ovulatória (fase B) é a intermediaria do ciclo.
- Fase lútea (fase C) é aquela compreendida do termino da fase ovulatória até a nova menstruação. Nessa fase, e geralmente sete dias antes da menstruação é que muitas de nós mulheres são acometidas pela TPM.
Supondo que, o ciclo menstrual seja de 31 dias, teríamos o seguinte exemplo:
Maio
S
T
Q
Q
S
S
D
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
A famosa TPM (tensão pré-menstrual) ou síndrome pré-menstrual (SPM) atinge de 30-80% das mulheres, principalmente maiores de 30 anos.
Os sintomas podem variar muito de uma pessoa para outra. Para a mesma mulher os sintomas podem ser diferentes, com intensidades diferentes e estar mais presente em alguns ciclos menstruais do que em outros.
Os sintomas são diversos, e podem ser divididos em quatro tipos:
Tipo 1-) afeto negativo: alterações de humor, depressão, tristeza, irritabilidade, ansiedade, excesso de choro, impaciência, tensão, agressividade, baixa auto-estima e desatenção;
Tipo 2-) retenção hídrica: suor nas extremidades, sensibilidade do seio, inchaço na região abdominal, cefaléia, fadiga, e constipação ou diarréia;
Tipo 3-) compulsão alimentar: aumento ou diminuição do apetite e compulsão por doces ou sal;
Tipo 4-) dor: ânsia, cólicas no baixo abdômen, dor lombar e dores generalizadas.
Cerca de 1 a 5% das mulheres apresentam sintomas mais graves, enquadrados como distúrbio disfórico pré-menstrual.
Diferente do que muitos pensam, a TPM pode trazer sintomas positivos como: aumento do interesse e do prazer sexual, mais energia, aumento dos seios, maior criatividade, melhora do desempenho social, ocupacional e bem-estar.  Estima-se que, cerca de 2/3 das mulheres apresentam estes sintomas positivos pelo menos uma vez. Além disso, durante a fase A, há um aumento de 6% do colesterol “bom”, o HDL , e uma queda de 7% do colesterol “ruim” , o LDL,  na fase C.
 
Com relação as alterações nos hábitos alimentares, cerca de 40-50% das mulheres relatam apresentar maior compulsão por doces e principalmente por chocolate na TPM.

Mas de onde vem essa vontade por chocolate? O chocolate vicia?
Não há respostas que possam ser conclusivas a respeito, mas deve-se considerar que:
- Na TPM temos um aumento do estradiol, que aumenta a sensibilidade do paladar, principalmente para alimentos doces. Já quando a progesterona é elevada, há uma maior sensibilidade para alimentos amargo. Observar-se ainda, casos de compulsão alimentar (tanto para doces como salgados) sete dias antes da menstruação.
- De fato o chocolate para muitos aumenta a sensação de prazer. Estudos mediram a atividade cerebral de indivíduos que haviam consumido chocolate, onde foi possivel visualizar um maior fluxo sanguíneo nas áreas de percepção de prazer (mesmas áreas ativadas por drogas, como a cocaína).
- O chocolate contém ferro. Muitas mulheres podem apresentar anemia na fase C (queda nos valores de hemoglobina, ferritina e saturação de transferrina), pois a absorção do ferro é aumentada devida a necessidade durante o sangramento. Acredita-se que, o desejo por alimentos adocicados, ricos em ferro e que tragam uma sensação de prazer, sejam mais solicitados.
- Apesar de conter pequenas quantidades de cafeína, os chocolates apresentam uma boa quantidade de teobromina e metil-xantina (substância muito semelhante à cafeína). A cafeina apresenta um pequeno risco de dependência e a sua interrupção pode causar sintomas de abstinencia.
- O chocolate ainda contém pequenas quantidades de tiramina e feniletilamina, que são estruturas semelhante as anfetamina  e também o anandamina semelhante à maconha, causando um efeito estimulante e anti-depressivo.
- Além destas substancias, o chocolate e o cacau apresentam tetrahidro-beta-carbolinas, que são alcaloides neuro ativas, encontradas em bebidas alcoólicas. Alguns acreditam que,  essa combinação com os demais ingredientes possam tornar viciante.
- O chocolate também contem outras vitaminas, minerais e aminoácidos, como o triptofano que podem estar deficientes na fase C.
-  Também acredita-se que o aroma, sabor, textura e a sensação de derreter o chocolate na boca, torna o chocolate tão desejável.
O cacau in natura e alguns chocolates são ricos em antioxidantes (os flavonoides), no entanto, as quantidades desses flavonoides variam muito de acordo com a colheita do grão e modo de preparo, uma vez em que estes possam ser perdidos com o calor e modo de produção do chocolate. Os flavonoides são conhecidos por diminuir o colesterol “ruim” prevenindo infarto do miocárdio, AVE (acidente vascular encefálico) e melhora do fluxo sanguíneo.
Portanto, para minimizar ou mesmo prevenir os sintomas da TPM e da compulsão alimentar procure o seu nutricionista.

E agora é a hora boa hahaha meninas vou passar a receita de um bolo muito bom e super facíl de fazer, para você fazer na sua época de TPM principalmente para matar sua vontade de comer doces e chocolate. 
Bolo Nhá Benta

Ingredientes
  • 7 ovos
  • 2 1/2 xícaras (chá) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de margarina
  • 1/2 xícara (chá) de chocolate em pó
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 1/2 xícara (chá) de água
  • 1/2 envelope de gelatina em pó
  • 300 g de chocolate ao leite picado
  • 1 lata de creme de leite
  • confeitos de chocolate
Modo de fazer
  1. Prepare a massa: bata 4 gemas, 1 1/2 xícara (chá) de açúcar, a margarina e o chocolate em pó em uma batedeira.
  2. Junte o leite, a farinha e o fermento peneirados.
  3. Acrescente 4 claras em neve.
  4. Coloque em uma forma de 24 cm de diâmetro, untada e enfarinhada.
  5. Asse no forno, pré aquecido, a 200ºC durante 30 minutos ou até, que, espetando um palito, ele saia limpo.
  6. Deixe esfriar, corte uma tampa do bolo (de cerca de 1/3 da altura do bolo) e reserve.
  7. Com uma faca, retire o meio do bolo, formando uma cavidade com 2 cm de lateral e fundo.
  8. Para o marshmallow, em uma panela, misture 1 xícara (chá) de açúcar e a água.
  9. Leve ao fogo brando, sem mexer, até dar ponto de calda em fio.
  10. Enquanto isso, bata 3 claras em neve e, sem parar de bater, adicione em fio a calda.
  11. Bata até dar ponto de marshmallow.
  12. Deixe esfriar e misture a gelatina, preparada de acordo com as instruções da embalagem.
  13. Coloque o marshmallow na cavidade do bolo e coloque a tampa reservada.
  14. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por 1 hora.
  15. Derreta o chocolate em banho-maria e misture o creme de leite.
  16. Deixe amornar e cubra o bolo.
  17. Decore com confeitos de chocolate e sirva.



Cozinha: Brasileira

0 comentários:

Postar um comentário

 
Etiqueta Rosa © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects